Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Média diária exportada cresce 17,2% na 2ª semana do mês

Por Sandra Manfrini

Brasília – As exportações brasileiras somaram US$ 5,087 bilhões na segunda semana de fevereiro, com média diária de US$ 1,071 bilhão, o que representou um incremento de 17,2% ante a média de US$ 868 milhões registrada na primeira semana do mês. Segundo dados divulgados hoje pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), essa alta foi decorrente do aumento das exportações das três categorias de produtos: básicos, semimanufaturados e manufaturados.

As vendas de produtos básicos cresceram, no mesmo período de comparação, 37,5%, em razão de petróleo, minério de ferro, café em grão, farelo de soja, carne bovina e fumo em folhas. Já as vendas de manufaturados tiveram incremento de 7%, com destaque para as exportações de plataforma de perfuração e exploração de petróleo, óleos combustíveis, aviões e suco de laranja. As exportações de semimanufaturados cresceram 19,9%, por conta, principalmente, de semimanufaturados de ferro/aço, celulose e zinco em bruto.

As importações totalizaram US$ 3,932 bilhões na segunda semana de fevereiro, com média diária de US$ 786,4 milhões, o que representou uma retração de 2% ante a média apurada na primeira semana do mês (US$ 802,7 milhões). Segundo o MDIC, essa queda é explicada, principalmente, pela redução nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, plásticos e obras, instrumentos de ótica e precisão e farmacêuticos.

No mês

A média diária exportada no acumulado de fevereiro chega a US$ 961,4 milhões, resultado 14,9% maior que a média verificada no mesmo mês de 2011 (US$ 836,6 milhões). Segundo dados do MDIC, esse aumento deve-se também ao crescimento das exportações das três categorias de produtos. As vendas de manufaturados cresceram 29,2% em razão, principalmente, de plataforma de perfuração e exploração de petróleo, energia elétrica, aviões, óleos combustíveis, motores e geradores elétricos e partes de motores para veículos.

As exportações de semimanufaturados, nesse período de comparação, cresceram 10,5%, com destaque para semimanufaturados de ferro/aço, celulose, ouro em forma semimanufatura e ferro-liga. Já as vendas de produtos básicos cresceram 6,4% por conta principalmente de algodão em bruto, soja em grão, fumo em folhas, minério de cobre, farelo de soja, trigo em grão e petróleo em bruto.

Na comparação com janeiro deste ano, quando a média diária das exportações ficou em US$ 733,7 milhões, a alta é ainda maior, de 31%. Nessa base de comparação, as vendas de manufaturados cresceram 44,8%; de básicos, 25,7%; e de semimanufaturados, 20,7%.

As importações, no mês, estão com média diária de US$ 792,5 milhões, o que representa um aumento de 2% ante a média de fevereiro de 2011 (US$ 776,9 milhões). Nessa base de comparação, cresceram os gastos com adubos e fertilizantes, instrumentos de ótica e precisão, equipamentos mecânicos, siderúrgicos, plásticos e obras e aparelhos eletroeletrônicos. A média importada em fevereiro manteve-se estável ante janeiro deste ano, quando a média ficou em US$ 792,4 milhões.