Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

MDIC investiga dumping em importação de tubo de cobre

Por Da Redação 10 nov 2011, 14h36

Por Renata Veríssimo

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) abriu hoje investigação para apurar a prática de dumping nas importações brasileiras de tubos de cobre refinados circulares chineses. A análise dos danos gerados à indústria brasileira compreendeu o período de julho de 2005 a junho de 2010. O pedido de abertura de investigação foi feito pela Associação Brasileira do Cobre (ABC).

Em outra decisão, o MDIC aplicou direito antidumping provisório sobre as importações brasileiras de papel cuchê leve (LWC, light weight coated), originárias dos Estados Unidos, da Finlândia, da Suécia, da Bélgica, do Canadá e da Alemanha. As sobretaxas, com vigência de até seis meses, variam de acordo com as empresas e o país – elas vão de US$ 26,82 a US$ 161,72 por tonelada do produto. Este papel é utilizado, principalmente, para impressão, em offset, de catálogos e material de publicidade, como encartes e folhetos.

O dano à indústria nacional ficou caracterizado por fatores como a queda no volume de vendas, diminuição da produção, da utilização da capacidade instalada e do emprego.

Segundo a única fabricante brasileira, Stora Enso Arapoti Indústria de Papel, os danos do dumping se intensificaram desde a abertura investigação em dezembro de 2010, em decorrência do aumento do volume dessas importações. Para evitar prejuízos maiores, a empresa teria passado a adotar medidas de emergência com o objetivo de reduzir custos, interrompendo atividades produtivas da fábrica e demitindo funcionários.

Continua após a publicidade
Publicidade