Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

McDonald’s vence ação e palhaço assustador do Burger King sai do ar

Comercial do Dia das Bruxas exibia versão assustadora do personagem Ronald McDonald buscando refúgio em restaurante concorrente

Por Redação Atualizado em 27 jul 2018, 09h54 - Publicado em 26 jul 2018, 21h13

McDonald’s venceu nesta quinta-feira uma ação que movia no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) contra a campanha do Burger King Scary Clown Night (Noite do Palhaço Assustador).

O comercial, veiculado durante o Dia das Bruxas de 2017, exibia uma versão assustadora do personagem Ronald McDonald – ícone da marca de fast food no mundo. Na vídeo, um jovem é perseguido por palhaços malvados e busca refúgio em um restaurante do Burger King. “Eu quero meu Whopper”, diz o Ronald McDonald do mal.

Procurado, o Burger King informou que cumpriu a determinação do conselho e retirou do ar todas as peças da campanha.

O comercial fazia referência à promoção da rede, que naquele Dia das Bruxas presenteou consumidores fantasiados de palhaço com um sanduíche Whopper.

Continua após a publicidade

O processo do McDonald’s no Conar foi aberto em dezembro passado. A rede alegou ter sido ofendida pelo uso da figura de um palhaço semelhante ao Ronald McDonald.

A primeira decisão do órgão foi em abril: a campanha deveria ser suspensa. Na época, o Burger King recorreu da decisão, mas o Conar bateu o martelo nesta quinta e decidiu por manter a decisão.

O McDonald’s afirmou que “a decisão demonstra que o Conar está efetivamente zelando por uma publicidade que garante a liberdade criativa sem violar a integridade das marcas”.

 

Continua após a publicidade

Publicidade