Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

McDonald’s confirma presença de dente humano em batatas fritas no Japão

Rede de fast food enfrenta, desde o ano passado, diversos problemas com a qualidade de seus alimentos na Ásia

A filial japonesa da rede de fast food McDonald’s pediu desculpas publicamente, nesta quarta-feira, a mais consumidores que encontraram objetos estranhos em seus produtos. Depois de análises internas comprovarem a existência de um dente humano em uma porção de batatas fritas, e pedaços de plástico em nuggets e sorvete, a empresa tentou se retratar. Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, Hidehito Hishinuma, alto executivo da rede no Japão, assegurou que “todos os casos estão sendo investigados”, enquanto outro diretor, Takehiko Aoki, apontou que a empresa tem o compromisso de evitar que fatos como estes voltem a acontecer.

Leia mais:

Após denúncia de carne vencida, lucro do McDonald’s cai 30% no 3º tri

McDonald’s de Pequim e Xangai param de vender hambúrguer e frango

Em meados do ano passado o McDonald’s teve problemas de abastecimento na China depois de detectar que sua fornecedora de carnes em Xangai, a Husi, estava oferecendo produtos com a data de validade vencida. A empresa ficou sem vender hambúrgueres de carne bovina ou qualquer produto com frango por um tempo no país, até normalizar seu abastecimento. Na ocasião, executivos da Husi chegaram a ser presos pela polícia chinesa.

O escândalo da carne estragada prejudicou as vendas do McDonald’s na região e o lucro líquido do terceiro trimestre caiu 30%, para 1,07 bilhão de dólares, ante igual período do ano anterior, quando registrou saldo de 1,52 bilhão de dólares.

Para piorar ainda mais a situação da rede na Ásia, em dezembro, o McDonald’s do Japão precisou racionar as batatas fritas, servindo porções menores do que as habituais por causa de greves portuárias nos Estados Unidos, que prejudicaram a importação do produto.