Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mantega diz que governo não está preocupado com desvalorização do real

Brasília, 14 mai (EFE).- O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta segunda-feira que o governo não está preocupado com a rápida desvalorização do real frente ao dólar ocorrida nas últimas semanas.

Mantega disse que a equipe econômica ‘nunca estabeleceu nem vai estabelecer’ uma meta para a cotação da moeda e afirmou que sua variação depende do mercado.

‘O dólar alto beneficia a economia brasileira porque dá mais competitividade aos produtores. Significa que a indústria brasileira pode competir melhor com os importados, que ficam mais caros, e pode exportar mais barato para o exterior. Portanto, não preocupa’, disse o ministro aos jornalistas.

O real registrou hoje uma queda de 1,75% e em alguns momentos do pregão chegou a ser negociado a R$ 2, momento em que Mantega fez as declarações. Desde o começo de maio, o real desvalorizou cerca de 4,7% em relação ao dólar, e desde março a queda da moeda brasileira foi de 16,23%.

A equipe econômica criticou a valorização excessiva do real por causa da crise internacional e das políticas monetárias expansivas dos países desenvolvidos e da China.

Mantega usou o termo ‘guerra de divisas’ para se referir a esta situação, e Dilma falou em ‘tsunami financeiro’. Nos momentos de máxima valorização do real, o dólar chegou em julho do ano passado a ser negociado a R$ 1,55. EFE