Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mantega: Brasil ‘não corre qualquer risco de recessão’

Por Mauricio Lima 20 dez 2011, 05h44

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta segunda-feira, em Montevidéu, que o Brasil “não corre qualquer risco de recessão” e que a economia brasileira, que desacelerou no terceiro trimestre de 2011, crescerá nos últimos três meses do ano e seguirá sua expansão em 2012.

Não há “qualquer risco de recessão no Brasil, nunca ouvi falar que crescimento de 3%, 3,5% seja recessão. Apenas tivemos uma desaceleração da economia, que estava crescendo muito forte”, disse Mantega à imprensa em Montevidéu, após uma reunião entre os ministros da Economia e presidentes dos Bancos centrais do Mercosul.

Mantega acrescentou que o “Brasil está quase com pleno emprego e com um mercado de consumo crescendo”, e que o país tem “todos os instrumentos para a aceleração da economia, e posso dizer que a economia já está acelerando e vai acelerar mais no ano que vem”.

O Brasil teve crescimento zero no terceiro trimestre de 2011 em relação aos três meses precedentes, mas avançou 2,1% sobre o mesmo período de 2010.

O governo brasileiro prevê que a economia crescerá 3,5% este ano – contra uma alta do PIB de 7,5% em 2010 – graças em parte à reativação no quarto trimestre. O mercado espera um crescimento anual de 3% em 2011.

Nesta terça-feira, os presidentes dos países do Mercosul analisarão em Montevidéu as maneiras de se enfrentar os efeitos da crise financeira internacional.

Continua após a publicidade
Publicidade