Clique e assine a partir de 8,90/mês

Magnata chinês é o comprador do diamante mais caro do mundo

Joseph Lau arrematou "Blue Moon" na noite desta quarta-feira, por US$ 48,4 milhões, e passou a chamá-lo "Blue Moon of Josephine", em homenagem à filha

Por Da Redação - 12 nov 2015, 21h29

Joseph Lau, um magnata do setor imobiliário de Hong Kong, foi o comprador do “Blue Moon”, o diamante mais caro do mundo, leiloado na noite desta quarta-feira, na Suíça por 48,4 milhões de dólares. Segundo a imprensa local, logo após adquirir a peça, o multimilionário passou a chamá-la “Blue Moon of Josephine”, em homenagem à filha de sete anos.

Segundo a casa de leilões Sotheby’s, a venda do diamante bateu o recorde mundial de joias em leilão, superando os 46,2 milhões de dólares que um comprador pagou também em Genebra por um diamante rosa em 2010.

O “Blue Moon”, colocado em um anel, é um diamante azul de 12,03 quilates. A venda aconteceu um dia depois de Joseph Lau adquirir por 28,5 milhões de dólares um diamante rosa de 16,08 quilates, que ele batizou de “Sweet Josephine”.

Lau é um famoso colecionador de arte e vinhos – ele possui um dos badalados retratos de Mao Tsé-tung coloridos por Andy Warhol e a paisagem A Manhã, de Paul Gauguin.

Ele construiu sua fortuna com investimentos nas bolsas de valores e da compra de empresas na década de 80. O magnata aparece na revista “Forbes” como o sexto homem mais rico de Hong Kong e o 114º mais endinheirado do mundo.

Leia mais:

Diamante ‘Blue Moon’ é leiloado por US$ 48,4 milhões

Pedidos de recuperação judicial crescem 41,4% no ano e batem recorde

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade