Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula tem tumor maligno de laringe; fará quimioterapia

SÃO PAULO (Reuters) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi diagnosticado com um tumor maligno localizado de laringe, informou neste sábado o Hospital Sírio-Libanês, trazendo dúvidas sobre o seu futuro político.

Após exames realizados no hospital em São Paulo, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que deverá começar na próxima semana.

“É maligno, é um tumor”, disse à Reuters o médico Paulo Hoff, um dos responsáveis pelo tratamento do ex-presidente no Sírio-Libanês.

Hoff não quis dar mais detalhes sobre o tratamento ou sobre o estado de Lula. Mas o hospital informou em nota que “o paciente encontra-se bem”.

Na frente do hospital, dezenas de jornalistas e curiosos se aglomeram em busca de informações sobre a saúde do líder político que deixou o governo com o país em forte crescimento econômico.

Lula saiu do governo com uma taxa de aprovação de 87 por cento, o que ajudou na eleição de Dilma Rousseff, que foi ministra-chefe da Casa Civil de seu governo.

A presidente Dilma, que enfrentou um câncer linfático antes de assumir a Presidência e se curou, disse ter ficado “muito preocupada” com doença de Lula, mas acredita que ele deverá se recuperar.

“Graças aos exames preventivos, a descoberta do tumor foi feita em estágio que permite seu tratamento e cura. Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio Libanês, que me levou à recuperação total”, disse Dilma em nota.

O ex-presidente deverá retornar na semana que vem ao Sírio-Libanês para iniciar o tratamento na segunda-feira, segundo informou nota do Instituto Cidadania, ligado à Lula.

Lula, que deverá desempenhar papel importante nas eleições municipais do ano que vem, deixará o Sírio-Libanês ainda neste sábado, segundo a assessoria de imprensa do hospital.

O petista procurou auxílio médico na sexta-feira após sentir dores na garganta. Ele foi incentivado a procurar ajuda pelo cardiologista Roberto Kalil, que participou da comemoração do aniversário do ex-presidente, na última quinta-feira.

Lula, que governou o Brasil de 2003 a 2010, completou 66 anos na quinta-feira. Seu mandato também foi marcado por amplos programas sociais e pela melhoria de vida de milhões de brasileiros. Saiba mais:

A equipe médica que assiste o ex-presidente é coordenada pelos médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.

(Por Juliana Schincariol e José de Castro)