Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucro da Telefônica no Brasil aumenta 18,2% em 2011

São Paulo, 16 fev (EFE).- A Telefônica Brasil, subsidiária do grupo espanhol Telefônica, obteve um lucro líquido combinado de R$ 5,072 bilhões no último ano, o que representa um crescimento de 18,2% em comparação com 2010, informou nesta quinta-feira a companhia.

A empresa, líder do mercado de telefonia celular no Brasil, atribuiu o bom desempenho ao crescimento de seu número de clientes, que passou de 75,4 milhões, no final de 2010, para 86,9 milhões até o último mês de dezembro, incluindo telefonia fixa e móvel, internet banda larga e televisão por assinatura.

De acordo com o balanço divulgado, a receita líquida da empresa cresceu 5,4% no último ano, até R$ 33,171 bilhões, enquanto que o Ebitda foi de R$ 12,034 bilhões, representando um crescimento de 6,4%.

A empresa esclareceu que esses números se referem aos resultados combinados, ou seja, os obtidos em 12 meses pela operadora de telefonia fixa Telesp e nos últimos nove meses do ano pela operadora de telefonia celular Vivo.

A integração dessas duas empresas à Telefônica Brasil foi consolidada em abril de 2011, depois que o grupo espanhol adquirisse o controle da Vivo, operadora que antes era da Portugal Telecom.

Segundo o balanço enviado aos acionistas, o número de clientes de telefonia celular aumentou 18,7% no último ano. Esse crescimento permitiu que Telefônica seguisse no posto de líder do mercado de móveis apesar de sua participação ter sofrido uma pequena redução – de 29,71%, em 2010, para 29,54%, em 2011.

O número de clientes de telefonia fixa, no entanto, apresentou uma queda de 2,8% ‘devido à acelerada substituição dos fixos pelos móveis’. O total de assinantes do serviço de internet banda larga subiu 9,5% (3,6 milhões pessoas) e o de televisão 43,7% (700 mil).

‘Estes resultados são ainda mais significativos se consideramos que em 2011 concluímos importantes períodos do processo de integração entre a Telefônica e a Vivo, entre negócios fixos e móveis’, explicou o presidente da Telefônica Brasil, Antonio Carlos Valente, em comunicado divulgado pela empresa.

Os investimentos da empresa no último ano somaram R$ 4,929 bilhões, praticamente o dobro dos R$ 2,489 bilhões de 2010. EFE