Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lucro da Repsol subiu 3,5% no primeiro trimestre por alta de preços

Por Philippe Desmazes 10 Maio 2012, 07h34

O grupo petroleiro espanhol Repsol registrou um aumento de 3,5% em seu lucro líquido do primeiro trimestre, que se situou em 792 milhões de euros, graças, sobretudo “à melhora dos preços do petróleo e do gás”.

A companhia atribui a melhora dos preços à “recuperação da normalidade em sua atividade na Líbia e aos melhores resultados de sua divisão de gás natural liquefeito (GNL)”.

Sem sua filial YPF, nacionalizada pelo governo argentino em abril, o lucro líquido do trimestre subiria a 12,4%, chegando aos 643 milhões de euros, indica o grupo em um comunicado.

“Após a expropriação ilegal por parte do governo argentino de 51% de sua participação na YPF, decidida no dia 16 de abril”, a Repsol, com “o objetivo de dar transparência e facilitar a análise de seus resultados”, decidiu divulgar também seus números, excluindo a contribuição das atividades da YPF e da Repsol YPF durante o período.

O lucro operacional da companhia subiu 8,7% no primeiro trimestre e se situou em 1,33 bilhão de euros.

Continua após a publicidade
Publicidade