Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lucro da Cielo cai 6,3%, para R$ 457,6 mi no trimestre

Por Da Redação 1 nov 2011, 07h01

Por Altamiro Silva Júnior

São Paulo – A Cielo anunciou hoje que obteve lucro líquido de R$ 457,6 milhões no terceiro trimestre, redução de 6,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o segundo trimestre de 2011, houve aumento de 8%.

O volume financeiro capturado nos terminais da empresa que fazem a leitura dos cartões de crédito e débito somou R$ 80,5 bilhões, aumento de 20,4% em 12 meses e 6,2% no trimestre. O total das operações com cartões de crédito foi o destaque e cresceu 21%, enquanto o de débito, 14%

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 741,2 milhões, redução de 2,6% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. A margem Ebitda ajustada fechou setembro em 61,2%, redução de 5,7 pontos percentuais em comparação de 12 meses.

A receita líquida foi de R$ 1,056 bilhão, expansão de 2,4% na comparação com os meses de julho a setembro do ano passado.

A empresa também informou que, pela primeira vez nos últimos cinco trimestres, a receita com aluguel de equipamentos voltou a crescer, ficando 2,7% maior em relação ao trimestre anterior. O preço médio do aluguel ficou em R$ 64,7 por mês por terminal. Esse aluguel vinha caindo nos últimos períodos por conta da abertura do mercado de credenciamento a novos competidores, em julho do ano passado, que aumentou a concorrência e reduziu os preços.

Continua após a publicidade
Publicidade