Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Lindt compra fabricante de chocolates Russell Stover

Negócio transformará a companhia suíça na terceira maior fabricante de chocolates nos Estados Unidos, atrás apenas da Hershey e da Mars

Por Da Redação - 14 jul 2014, 14h28

A fabricante de chocolates suíça Lindt & Spruengli informou a compra da empresa de doces norte-americana Russell Stover, cujo controle era familiar. A empresa não informou o valor da aquisição, mas o CEO da empresa suíça, Ernst Tanner, afirmou se tratar de uma operação de mais de 1 bilhão de dólares. O negócio dará à Lindt a terceira colocação entre os maiores fabricantes de chocolates dos Estados Unidos, atrás apenas da Hersheys e da Mars. O país é o maior mercado de chocolates do mundo. Com o acordo, a companhia poderá diversificar ainda mais suas atividades além da Europa, de onde vêm a maior parte de suas vendas.

“Esta é a maior e mais importante aquisição estratégica até agora na história da Lindt & Spruengli e é uma oportunidade única para ampliarmos nosso negócio de chocolate na América do Norte”, afirmou o presidente do Conselho e presidente-executivo da Lindt, Ernst Tanner, em um comunicado. Já o analista da Kepler Cheuvreux, Jon Cox, disse que ficou surpreso. Ele esperava um negócio envolvendo um grande mercado emergente, como Rússia ou Brasil – e não Estados Unidos. A Lindt realizou sua última grande aquisição no país em 1998, com a compra da Ghirardelli.

Leia também:

BTG compra banco suíço por US$ 1,5 bi

Publicidade

Emirates conclui acordo de US$ 56 bi com Boeing

Cielo e Smiles formam parceria para operação com milhas

A Russell Stover é a terceira maior empresa norte-americana em vendas de doces, com faturamento anual de cerca de 500 milhões de dólares. Em março, Lindt informou que suas vendas na América do Norte devem ultrapassar 1 bilhão de dólares em 2014 e 1,5 bilhão de dólares em 2015.

(com agência Reuters)

Publicidade