Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Leilões de Galeão e Confins devem ocorrer em dezembro

Apenas operadoras de terminais internacionais que movimentam pelo menos 35 milhões de passageiros por ano poderão concorrer

Por Da Redação 5 abr 2013, 18h18

O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Wellington Moreira Franco, disse nesta sexta-feira que o governo federal planeja realizar em dezembro os leilões de privatização dos aeroportos internacionais Tom Jobim, no Rio, e de Confins, em Belo Horizonte.

A iniciativa dá sequência ao planejamento do governo, que autorizou em janeiro deste ano um estudo de concessão dos dois terminais. A empresa Estruturadora Brasileira de Projetos (EBP) deverá entregar, até 18 de abril, quatro estudos: de mercado, engenharia, ambiental e avaliação econômico-financeira dos aeroportos.

Leia ainda: Governo espera R$ 15 bi com concessão de aeroportos

Governo autoriza estudo de concessão de Galeão e Confins

Franco lembrou que três aeroportos já passaram por esse processo: os terminais de Brasília, Viracopos (em Campinas) e Guarulhos. No início de 2012, a concessão dos três aeroportos rendeu ao governo 24,5 bilhões de reais. Com a concessão do Galeão e Confins, o governo espera arrecadar cerca de 15 bilhões de reais. Desta vez, apenas operadoras de terminais internacionais que movimentam pelo menos 35 milhões de passageiros por ano participarão do leilão.

Segundo o ministro, as concessões visam melhorar a qualidade dos serviços prestados nos aeroportos. “O usuário precisa ser tratado como cliente”, disse o ministro, que participou da posse do engenheiro Roberto Ramos na presidência Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (Amcham Rio).

Leia mais:

Aeroporto de Natal: a 15 meses da Copa, 85% da obra está por fazer

Dufry renova concessão em Guarulhos até 2016

Continua após a publicidade
Publicidade