Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leilão de trecho da Ferrovia Norte-Sul tem lance mínimo de R$ 1,3 bi

Parte que será concedida tem 1,5 mil quilômetros e liga Porto Nacional (TO) a Estrela d'Oeste (SP). Investimento estimado é de R$ 2,8 bilhões

O Ministério da Infraestrutura e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) promovem nesta quinta-feira, 28, na Bolsa de Valores de São Paulo, o leilão da Estrada de Ferro 151, conhecida como Ferrovia Norte-Sul. O pregão deve começar às 15h.

O trecho a ser concedido tem 1.537 quilômetros e vai de Estrela d´Oeste (SP) a Porto Nacional (TO). O valor mínimo de outorga é de 1,353 bilhão de reais, com investimentos previstos de 2,8 bilhões de reais e prazo de concessão de 30 anos, sendo vedada a prorrogação.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que a concessão poder escoar a produção por meio de dois portos – Maranhão e São Paulo.

“Com a concessão desse segmento, vamos poder escoar a produção, tanto pelo Porto de Itaqui (Maranhão) quanto pelo Porto de Santos (São Paulo), o que vai ser transformador para o país”, disse o ministro.

A ferrovia foi projetada para se tornar uma espécie de espinha dorsal do transporte ferroviário do Brasil, integrando o território nacional e contribuindo para a redução do custo logístico do transporte de carga no país.

A estimativa é que, ao final da concessão, o trecho ferroviário em questão possa capturar uma demanda equivalente a 22,73 milhões de toneladas.

Concessões

Esse é o terceiro leilão do ano realizado pelo Ministério da Infraestrutura. O primeiro arrecadou 2,4 bilhões de reais na concessão de 12 aeroportos para a iniciativa privada.  O outro leilão realizado concedeu três áreas portuárias destinadas a armazenamento de combustíveis e arrecadou 219,5 milhões de reais na semana passada.