Clique e assine a partir de 8,90/mês

LAN e TAM esperam receita de até US$ 700 mi com fusão

A estimativa representa um aumente entre 50% e 75% em relação ao cálculo anterior, avaliado em 400 milhões de dólares

Por Da Redação - 13 jan 2012, 10h53

A fusão entre a companhia aérea brasileira TAM e a chilena LAN irá gerar entre 600 milhões e 700 milhões de dólares em sinergias operacionais, anunciaram as empresas nesta sexta-feira. Por meio de um comunicado, as duas companhias explicaram que o número significa um aumento de receita entre 50% e 75% em relação ao cálculo anterior, avaliado em 400 milhões de dólares e anunciados em agosto de 2010.

A nova estimativa se baseia em avaliações realizadas durante as últimas dez semanas com as consultorias McKinsey & Company e Bain & Company.

Enquanto aproximadamente 40% das sinergias potenciais serão geradas pelo aumento das receitas com o negócio de passageiros, 20% serão pelo incremento de receitas com o negócio de cargas e os restantes 40% virão da redução de custos. Do total de sinergias antes de impostos esperadas, entre 170 milhões e 200 milhões de dólares devem ser alcançados no primeiro ano após a finalização da transação

Fusão – A LAN e TAM, que obtiveram a aprovação dos organismos antimonopólio do Brasil, Chile e Espanha, esperam concretizar a fusão neste trimestre. A companhia criada se chamará LATAM, e será a maior da América Latina, com valor de mercado da ordem de 12,14 bilhões de dólares.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade