Clique e assine a partir de 8,90/mês

Justiça dos EUA prepara ações penais por manipulação da Libor

Por Da Redação - 15 jul 2012, 11h44

A justiça federal americana prepara ações penais pelas manipulações da Libor, uma das principais taxas de referência para as finanças em escala mundial, informou neste domingo o The New York Times.

“O Departamento de Justiça distinguiu possíveis más ações de ordem penal cometidas por grandes bancos e indivíduos no centro do escândalo”, de acordo com a edição digital do jornal, que cita fontes governamentais que pediram o anonimato.

O departamento de Justiça criminal “está preparando ações contra várias entidades financeiras e seus empregados, principalmente contra corretores do Barclays”, o banco britânico que está no centro do escândalo da manipulação da taxa interbancária.

Segundo o artigo, “as autoridades preveem entrar com ações penais contra ao menos um banco antes do fim do ano”.

O The New York Times acrescenta que estas ações legais devem fazer com que outras entidades cheguem a um acordo com o governo para evitar mais disputas e condenações, como estabelece a legislação americana.

A investigação do departamento de Justiça soma-se a outra feita pelas autoridades de regulação financeira dos Estados Unidos e a demandas de vários grupos.

De acordo com o jornal, estas ações podem custar ao setor bancário dezenas de bilhões de dólares.

O Barclays anunciou no dia 27 de junho que pagou 360 milhões de euros para por fim às investigações de reguladores britânicos e americanos sobre as manipulações da Libor e da Euribor – sua equivalente para a eurozona – entre 2005 e 2009.

Continua após a publicidade
Publicidade