Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para João Paulo Campi, tecnologia é maior aliada da saúde pública e privada no Brasil

Aplicativos, avalia João Paulo Campi, asseguram mais inteligência à área.

“A inovação proporcionada pelos aplicativos garante mais inteligência no setor da saúde”. A afirmação é do diretor-presidente da Duosystem, João Paulo Campi. Especialista em tecnologia em inteligência e inovação em saúde, a empresa é, hoje, uma das referências na área e é responsável pelo desenvolvimento de uma plataforma operacional pioneira usada atualmente por centrais de vagas do SUS em São Paulo, Mato Grosso Do Sul e Goiás.

Segundo João Paulo Campi, o surgimento, em especial, dos aplicativos (apps), aliado à Tecnologia da Informação, tem contribuído para agilizar o acesso à saúde pública e privada no Brasil, proporcionando menos espera em filas e maior inteligência nos processos.

Exemplo disso, destaca, é a plataforma digital Duo Access, desenvolvida pela Duosystem.

“Com essa nova ferramenta, pacientes, médicos e demais profissionais de saúde, inclusive gestores, envolvidos no processo de regulação e gestão, têm mais um canal de acesso e integração de informações”, afirma João Paulo Campi.

O aplicativo foi desenvolvido para dar suporte, de maneira exclusiva, a pacientes, profissionais da área de saúde e regulação. Desta maneira, explica João Paulo Campi, o DuoAccess demonstra um novo processo na área da saúde, tanto pública, quanto privada, buscando a congruência de todas as partes envolvidas e dando, inclusive, suporte à gestão por meio do uso de informações.

 

Entenda:

A solução desenvolvida pela Duosystem oferece a possibilidade, de forma ágil, de os cidadãos terem, em mãos, via celular e tablets, por exemplo, informações clínicas e pessoais, sem a necessidade de sair de casa.  Assim, conseguem ter acesso a suas consultas, seus exames e seus procedimentos, além de terem acesso ao histórico de agendamentos e atendimentos. 

“O DuoAccess foi criado para facilitar a comunicação no processo de regulação”, salienta João Paulo Campi, que foi responsável pelo desenvolvimento de projetos de inovação em saúde e apoio e implantação de ferramentas tecnológicas nos setores de saúde pública e privada do Brasil. O diretor-presidente da Duosystema também possui larga experiência no setor público: ele coordenou e implantou diversos serviços na área da saúde.

Para João Paulo Campi, hoje é impossível pensar em desenvolvimento da saúde sem a utilização de tecnologias inovadoras no setor. “Os aplicativos, por exemplo, apresentam uma nova estratégia de assistência, colocando o paciente como principal ator neste cenário”, diz. “A ferramenta permite ainda que o paciente avalie o atendimento recebido”, completa.

Outra vantagem do aplicativo é permitir a divulgação de campanhas institucionais, como ações de vacinação e prevenção, entre outras, e a realização de processos de capacitação de profissionais, por meio de vídeos, também à distância. “Essas características, com toda a certeza, tornam a gestão da saúde mais eficiente”, assegura João Paulo Campi.