Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Encontro entre o humano e o divino: festas religiosas

Quem não gosta de festa, amigos, músicas? Todo brasileiro gosta, além de ser um mercado muito rico e em forte crescimento.

Por JayPRO - Atualizado em 6 jan 2020, 19h30 - Publicado em 13 dez 2019, 16h50

Quem não gosta de festa, amigos, músicas? Todo brasileiro gosta, além de ser um mercado muito rico e em forte crescimento.

Foi aí que o jovem Davi linck teve uma ideia brilhante, algo diferente, encontrou nos núcleos independentes de música eletrônica as chamadas Labels, a chance de conseguir unir religião e festa, ter seu próprio negócio e fazer oque mais gosta.

Filho de família evangélica, estuda simbologias e religiões desde pequeno, criou a marca LIBERTE-SE, com varios segmentos, ‘Projeto Liberte-se label é uma festa espiritual para pessoas mais inteligentes, uma festa para pessoas que sabem quem são elas de verdade, uma festa aonde todos somos iguais, aonde nossa mente acredita no que ela quer, ela é nosso Deus e nossa religião’.

Davi linck começa chamar atenção de alguns investidores interessados no projeto, está sendo chamado de prodígio do marketing e empreendedorismo, perguntando como ele pensou nessa ideia de unir religião e festa, ele responde, ‘ Descobri quem eu sou, meu propósito de alma’.

Publicidade