Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Jorge Paulo Lemann (acreditem) também tem seu lado meigo

Homem mais rico do Brasil é conhecido pelo jeito implacável com que faz negócios; contudo, ao falar sobre suas inspirações, acabou abrindo o coração

Por Da Redação 22 abr 2014, 19h48

A educação suíça é conhecida como a mais rígida do mundo. O empresário brasileiro Jorge Paulo Lemann, filho de suíços, foi educado no Brasil, porém, com a disciplina ‘linha dura’ tão característica da terra de seus pais. Durante um evento da consultoria Falconi, da qual é parceiro, Lemann falou um pouco de sua história pessoal e de suas inspirações. O implacável homem de negócios, afinal, também tem coração! Lemann contou sobre o que o fez sair de sua zona de conforto e se tornar um dos empresários de maior sucesso do mundo. Segundo ele, nada teria acontecido não fossem os conselhos de sua mãe – que acabou sendo sua maior inspiração.

Como todo suíço típico, o empresário não é dado a muito sentimentalismo. Contudo, ao lembrar da mãe, Anna Yvette Lemann, o bilionário baixou a guarda e atribuiu a ela o pontapé para alcançar tudo o que almejava. “Minha mãe me tirou da vida de surfista, tenista, carioca, que adorava o Arpoador (praia da zona Sul do Rio) e a praia. De repente, me vi em Harvard, que não era nada confortável. Mas ela insistiu para que eu ficasse lá, terminasse os estudos e abrisse meus olhos para um mundo maior. Minha mãe foi quem sempre me incentivava a fazer coisas maiores, a correr risco”, conta

Lemann contou que só pensava em praia e não se interessava pelos negócios da família. Seu pai era um microempresário do setor de laticínios, fundador da empresa que daria origem à Leco. Já sua mãe era filha de um grande comerciante suíço de cacau da Bahia.

Jorge Paulo é hoje o homem mais rico do Brasil e o 34ª do mundo. Segundo a revista Forbes, sua fortuna estava avaliada em 19,7 bilhões de dólares em 2013.

Conhecido por seu jeito agressivo – e ambicioso – de fazer negócios, Lemann é um dos controladores da AB InBev, o maior conglomerado de cervejas do mundo. Ele também possui participação em grandes empresas de alimentos dos Estados Unidos, como Burger King e Heinz, que foram adquiridas pela gestora de recursos da qual é sócio, a 3G Capital. Seus sócios na AB InBev, Marcel Telles e Beto Sicupira, também figuram entre os dez brasileiros mais ricos.

Leia mais:

‘O maior risco é não se arriscar’, diz Jorge Paulo Lemann

Continua após a publicidade

Jorge Paulo Lemann é o bilionário mais interessante do mundo, diz Bloomberg

A vida pacata do bilionário Jorge Paulo Lemann na Suíça

Forbes descobre três novos bilionários brasileiros; saiba quem são

Jorge Paulo Lemann lança página oficial no Facebook

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)