Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Joint venture de Yara e OCP importará rocha fosfática

Por Filipe Domingues

São Paulo – A companhia norueguesa de produtos agrícolas Yara International e o grupo marroquino OCP anunciaram ontem a criação de uma joint venture 50/50 no Brasil, que envolve a importação de rocha fosfática para produção de fertilizantes. Por meio do acordo, o OCP assume participação de 50% em um terminal e uma fábrica da Yara em Rio Grande (RS). A Yara e o OCP terão acesso ao porto, já existente, ao terminal e às instalações de estocagem, que planejam desenvolver com investimentos de curto e médio prazo.

A nova joint venture importará rocha fosfática fornecida pelo OCP e produzirá superfosfato simples (SSP) para misturar aos fertilizantes da Yara e a outros produtos de fosfato. “Estamos satisfeitos em anunciar essa cooperação com o OCP, uma companhia líder na indústria de fosfato. O Brasil é um mercado agrícola que cresce rapidamente onde nós, juntos ao OCP, estamos criando uma forte plataforma para mais crescimento”, disse o presidente e CEO da Yara International,Jorgen Ole Haslestad.

Paralelamente, as duas companhias entrarão em um acordo de longo prazo para originação de rocha fosfática destinada às fábricas de fertilizante NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) da Yara na Europa. “Estamos assegurando o fornecimento de matéria-prima no longo prazo para nossas fábricas europeias de NPK. Ambas as iniciativas fortalecem nossa vantagem competitiva na produção e na comercialização de fertilizantes de valor agregado”, afirmou Haslestad, em comunicado à imprensa. As informações são da Dow Jones)