Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

JetBlue compra A320neo e otimiza frota de Embraer 190

Negócios foram fechados no Paris Air Show, em Le Bourget, na França

Por Da Redação - 21 jun 2011, 10h58

A companhia aérea norte-americana JetBlue Airways anunciou nesta terça-feira revisão de seu plano de frota que inclui a otimização do uso de aviões da fabricante brasileira Embraer. A empresa acertou a compra de 40 aviões Airbus A320neo, para entregas após o pedido atual por aeronaves da família A320, em uma encomenda de 3,4 bilhões de dólares a preços de tabela. O negócio foi fechado durante a Paris Air Show, maior salão mundial de aeronáutica.

A empresa aérea também disse que vai otimizar sua frota de jatos Embraer 190 para cerca de 75 unidades. A JetBlue foi a cliente que lançou o Embraer 190, de 100 passageiros, com encomenda firme por 100 aviões e 100 opções de compra em acordo anunciado em 2003 e estimado à época em até 6 bilhões de dólares.

“Tomamos medidas significativas para reduzir nossos compromissos de investimentos anuais nos próximos cinco anos, ao mesmo tempo em que asseguramos um bom posicionamento para um ambiente competitivo e desafiador no longo prazo”, disse o vice-presidente financeiro da JetBlue, Ed Barnes.

Até o final de março, a Embraer tinha entregue 49 aviões para a JetBlue, restando 51 unidades do pedido firme na carteira de encomendas da fabricante. O número reduzido de aeronaves entregues (conforme pedido da JetBlue) fez com que a Embraer duvidasse da capacidade da empresa em honrar com seus compromissos de compra.

Publicidade

A companhia aérea informou, ainda, que oito aviões A320 que estavam previstos para serem adicionados à sua frota em 2014 e 2015 ficarão para 2017. Além disso, a JetBlue disse que vai converter 30 encomendas existentes pelo A320 em pedidos do jato maior A321.

(Com Reuters)

Publicidade