Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Japão registra déficit comercial de US$ 10,6 bilhões em maio

Resultado - o pior em quase dois anos e meio - é consequência dos efeitos do tsunami e terremotos do mês de março

O Japão registrou um déficit comercial de 853,7 bilhões de ienes (10,640 bilhões de dólares) em maio, o maior resultado negativo em quase dois anos e meio, informou o governo japonês nesta segunda-feira. O resultado é consequência do terremoto e do tsunami que atingiram o país em 11 de março deste ano. O dado de maio, que surge após um déficit revisado de 464,8 bilhões de ienes em abril, foi o maior rombo no comércio exterior do país desde os 967,94 bilhões de ienes de janeiro de 2009, em meio à crise financeira global.

O déficit também ficou acima dos 744 bilhões de ienes previstos pelos economistas. Este foi o primeiro déficit comercial para o mês de maio desde 1979, quando o governo iniciou o cálculo de dados comparáveis.

De acordo com o Ministério das Finanças do Japão, as exportações caíram 10,3% em relação ao mês de maio do ano passado – resultado ainda pior que o recuo de 8,1% previsto pelos economistas. As importações aumentaram 12,3% na mesma comparação, ante um crescimento anual de 13,1% estimado pelos economistas.

Entre os setores, as exportações de automóveis recuaram 38,9%, enquanto as de componentes eletrônicos, incluindo microchips, diminuíram 18,5%, na comparação com maio de 2010. Já as importações de petróleo aumentaram 30,7% e as de metais não-ferrosos cresceram 30,4%.

(Com Agência Estado)