Clique e assine a partir de 9,90/mês

Japão aprova pacote de estímulo de 10,7 bilhões de dólares

Liberado às vésperas das eleições, montante será destinado à criação de empregos e à reconstrução de áreas devastadas pelo tsunami de 2011

Por Da Redação - 30 nov 2012, 01h40

O Japão aprovou nesta sexta-feira um novo pacote de estímulo econômico que totaliza 880 bilhões de ienes — cerca de 10,7 bilhões de dólares. Com a medida, o governo japonês pretende criar 80 mil novas vagas no mercado de trabalho.

Leia também:

Japão dissolve Câmara e anuncia eleições antecipadas

Para oposição, economia e diplomacia são foco de elição

Continua após a publicidade

A medida acontece um mês depois da aprovação de outro pacote, no valor de 5,2 bilhões de dólares. Além de mirar na criação de empregos, o novo montante tem como objetivo dar suporte financeiro aos pequenos empresarios e investir na infraestrutura destinada a reduzir o impacto de desastres naturais. Parte dos US$ 10,7 bilhões será destinada à reconstrução do nordeste do país, região devastade pelo tsunami de 2011.

Os estímulos aprovados hoje não vão afetar a dívida do país e serão financiados com fundos de reserva incluídos no orçamento do atual ano fiscal. O governo espera que o pacote aumente o PIB do país em 0,2%.

De acordo com a agência japonesa Kyodo, o governo local já projeta um terceiro pacote de estímulo, que seria aprovado após as eleições gerais, marcadas para 16 de dezembro. Atualmente, o opositor Partido Liberal Democrata (PLD) lidera as pesquisas de intenção de voto.

Ameaça de recessão – Castigada pela crise europeia, pelo tsunami de 2011 e pela valorização do iene, a economia japonesa encolheu 3,5% no terceiro trimestre na comparação com o ano anterior. Caso ocorra uma nova diminuição no próximo trimestre, o país entrará em recessão.

Continua após a publicidade

(Com agência EFE)

Publicidade