Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Japão afrouxa política monetária e vê meta de inflação em 1%

Por Da Redação 14 fev 2012, 07h17

TÓQUIO, 14 Fev (Reuters) – O Banco do Japão afrouxou a política monetária nesta terça-feira ao aumentar as compras de ativos, em meio à crescente pressão política para uma ação mais forte a fim de combater a deflação e aliviar os prejuízos à economia oriundos de um iene forte.

O banco central japonês impulsionou seu programa de compra de ativos e empréstimos, sob os quais adquire dívida governamental e privada e empresta dinheiro barato com vários tipos de garantias, em 10 trilhões de ienes (130 bilhões de dólares), para 65 trilhões de ienes.

O aumento total da quantia se destinará à compra de títulos de longo prazo, informou o banco central do Japão.

O Banco do Japão também disse ver a inflação ao consumidor de 1 por cento como meta de política.

Como amplamente esperado, o BC japonês deixou inalterada sua taxa básica de juro numa faixa entre zero e 0,1 por cento, por unanimidade.

(Reportagem de Leika Kihara e Rie Ishiguro)

Continua após a publicidade

Publicidade