Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Itaú Unibanco entra na disputa e reduz juros para financiar casa própria

Banco baixou as taxas das linhas oferecidas pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) para 8,8% ao ano

Por Redação - 21 maio 2018, 11h21

Em uma nova ofensiva no mercado de crédito imobiliário, o Itaú Unibanco anunciou nesta segunda-feira, 21, nova redução em suas taxas de juros para o financiamento imobiliário. Para imóveis enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH), a nova taxa será a partir de 8,8% ao ano. Já no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), o porcentual será a partir de 9,3% ao ano. Os novos custos valem a partir desta terça-feira, 22, e variam dependendo do perfil do cliente e do seu relacionamento com o banco.

Depois de a Caixa Econômica Federal anunciar redução de juros em meados de abril, outras instituições financeiras concorrentes também diminuíram seus porcentuais. Ao lado da Caixa, o Itaú Unibanco mantinha as taxas mais altas do mercado, 9% ao ano no SFH.

Agora, com o novo porcentual de 8,8%, o Itaú Unibanco cobra os menores juros. No Bradesco, os porcentuais no SFH partem de 8,85% ao ano; o Santander tem linhas a partir de 8,99% ao ano assim como no Banco do Brasil, que cobra a mesma taxa.

“Com o aumento da confiança dos consumidores, estamos percebendo uma retomada do mercado imobiliário, o que é uma ótima notícia para o para o setor e para o país. Essa nova redução de taxas certamente contribuirá para acelerar esse movimento”, afirma Cristiane Magalhães, diretora do Itaú Unibanco. “Viabilizar a aquisição da casa própria é uma forma excelente de estabelecer relacionamentos de longo prazo com quem já é nosso correntista e também com aqueles que desejam se tornar clientes”, completa a executiva 

Publicidade

No primeiro trimestre deste ano, o saldo total da carteira de crédito do Itaú Unibanco atingiu o patamar de 40 bilhões de reais para crédito imobiliário e o crescimento do volume de financiamentos concedidos foi de 26% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Publicidade