Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Itaú descarta aquisição no exterior

Por Altamiro Silva Júnior

São Paulo – O Itaú Unibanco não está olhando bancos para comprar no exterior neste momento, afirma o vice-presidente da instituição, Alfredo Setubal. “Nesse momento de grande incerteza internacional, o risco é grande. Não estamos buscando oportunidades (de aquisição)”, disse durante palestra na Fundação Getúlio Vargas (FGV) no início da noite desta quinta-feira.

O foco do Itaú no momento é o mercado brasileiro e o crescimento orgânico. Por causa do porte do banco, Setubal avalia que dificilmente o Cade aprovaria uma grande aquisição. “Estamos limitados, pelo tamanho que já temos para crescer por aquisições no Brasil”, afirma. Por isso, Setubal vê espaço para compras de ativos pequenos e expansão orgânica.

Pode levar alguns anos, mas Setubal acredita que o Itaú vai precisar ter uma operação internacional mais robusta do que a que possui hoje. “Estamos em uma curva de aprendizado. Hoje nossa atuação é bastante concentrada na América Latina.” O Itaú prepara agora a abertura de um banco de atacado na Colômbia.