Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Italiana Costa recebe novo navio após desastre com cruzeiro

Por Stephen Jewkes

VENEZA, 5 Mai (Reuters) – A operadora de cruzeiros Costa Crociere recebeu um novo navio de linha regular neste sábado, esperando que o glamour da maior embarcação da Itália marque uma nova era para uma empresa cuja reputação foi manchada pelo desastre fatal do navio Concordia.

O Costa Fascinosa, de 114.500 toneladas e construído pelo estaleiro estatal Fincantieri, tem espaço para 3.500 passageiros. Uma embarcação ainda maior, com 5.000 cabines, deve ficar pronta em 2014 para uma empresa que diz que as reservas se recuperaram da crise.

“Não podemos ignorar o acidente de janeiro. Ele nos atingiu feio. Estamos trabalhando em questões de segurança”, disse o CEO e presidente do Costa, Pier Luigi Foschi, a jornalistas em um espaçoso bar a bordo do Fascinosa com vista para a lagoa de Veneza.

Em janeiro, o Costa Concordia atingiu um recife perto da ilha de Giglio na costa da Toscana, emborcando e matando ao menos 30 pessoas. Investigadores dizem que o acidente foi provocado pelo capitão Francesco Schettino, que levou o navio perto demais da costa.

A tragédia abalou a indústria de viagens de cruzeiro, afetando as reservas e provocando temores com a segurança dos enormes navios de cruzeiro modernos, que vagam pelos mares com milhares de passageiros a bordo.

Para o Costa Crociere, que no ano passado transportou 2,3 milhões de passageiros, não poderia ter acontecido em pior momento, com a crise econômica mundial deixando consumidores de cruzeiros nervosos com seus empregos e finanças. A empresa chegou a parar a publicidade por um período, mas agora diz que os consumidores voltaram.

“Apesar da recessão econômica e do impacto no consumo, a Costa se recuperou e os volumes de reservas voltaram aos mesmos níveis registrados nessa época no ano passado”, disse Foschi.