Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Itália negocia com a China venda de sua dívida, afirma jornal

País asiático compraria bônus da dívida e investiria em companhias italianas

Por Da Redação
13 set 2011, 05h18

O governo italiano negocia com as autoridades chinesas para que um fundo do país asiático compre bônus de sua dívida e invista em empresas estratégicas italianas, informa nesta terça-feira o jornal Financial Times.

Segundo o jornal, o ministro das Finanças da Itália, Giulio Tremonti, recebeu na semana passada uma delegação liderada por Lou Jiwei, presidente do China Investment Corporation, um dos maiores fundos soberanos do mundo.

A delegação também se reuniu com representantes da Caixa de Depósitos e Empréstimos italiana, entidade que administra os investimentos estatais, e habilitou um fundo estratégico aberto a investidores estrangeiros. De acordo com o FT, as autoridades italianas estiveram em Pequim há duas semanas para reunir-se com a Corporação Chinesa de Investimentos (CIC) e a Administração de Câmbio Estrangeiro (Safe), que maneja o grosso dos US$ 3,2 trilhões em moeda estrangeira que detém a China. Além disso, o chefe do Tesouro italiano, Vittorio Grilli, se encontrou com investidores chineses em Pequim no mês passado.

A possibilidade de captar investimentos chineses acontece em um momento crítico para a Itália, quando os compradores de bônus do Tesouro estão pedindo juros mais altos para assumir uma dívida que pode chegar neste ano a 120% do Produto Interno Bruto (PIB), uma proporção superada só pela Grécia.

Continua após a publicidade

Uma fonte italiana disse ao Financial Times que a China possui atualmente cerca de 4% da dívida da Itália.

(com Agência EFE)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.