Clique e assine com até 92% de desconto

Itália multa Apple em 900 mil euros

As multadas foram motivadas por não dar aos consumidores informação adequada sobre as garantias dos produtos

Por Da Redação 27 dez 2011, 09h38

A Autoridade Antitruste da Itália multou as lojas da Apple no país em 900 mil euros por não oferecerem informações claras aos consumidores relacionadas as garantias dos produtos. A denúncia da agência é que as informações fornecidas pela Apple incentivam os consumidores a assinar e a pagar um contrato adicional que está coberto em parte pela garantia legal gratuita.

Por não conceder aos consumidores informação adequada sobre a extensão das garantias dos produtos, a companhia americana recebeu uma multa de 400 mil euros, disse o órgão regulador. As lojas e o site da Apple não informavam adequadamente os consumidores sobre os direitos a uma assistência gratuita de dois anos prevista no código do consumidor, destacaram as autoridades italianas.

Os outros 500 mil euros foram aplicados em multa pela ausência de informações completas sobre o Plano de Proteção AppleCare. Nenhum porta-voz da Apple estava disponível para comentar. A sanção também obriga a empresa Apple a publicar esta decisão em seu site oficial. As autoridades italianas consideram que a Apple deve pôr fim a estas práticas comerciais incorretas e prejudiciais aos consumidores e comunicar sobre as medidas adotadas para colocar em ordem esta determinação.

As lojas multadas foram a Apple Sales International, a Apple Itália Srl e a Apple Retail Itália.

(Com Agência Estado e agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade