Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Itália capta € 7 bi com emissão de títulos

O Tesouro italiano captou nesta segunda-feira sete bilhões de euros em títulos a um ano com taxas de 5,952%, levemente inferiores aos 6,087% da última operação similar de 10 de novembro, em um sinal de redução da pressão dos mercados.

Esta operação é o primeiro teste da Itália nos mercados depois da adoção de um novo plano de austeridade por parte do governo de Mario Monti e do acordo anunciado na sexta-feira em Bruxelas pelos países da Eurozona para uma disciplina orçamentária maior.

A demanda por parte dos investidores foi grande e alcançou 13,47 bilhões de euros.

Para estimular os italianos a comprar os papéis para ajudar o país, os bancos decidiram não cobrar comissões na operação, como parte de um novo “dia das Letras do Tesouro”.

Mas a situação ainda é delicada e as taxas italianas a 10 anos, que servem de referência, aumentaram novamente no mercado secundário, onde se negocia a dívida já emitida.

A Itália é um dos países mais expostos à crise, com uma dívida pública de 1,9 trilhão de euros (120% do PIB).