Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Iraque diz que Opep busca preço global de petróleo estável

Por Da Redação - 9 abr 2012, 15h14

Por Ahmed Rasheed

BAGDÁ, 9 Abr (Reuters) – A Opep está buscando um equilíbrio nos preços globais do petróleo, mas a instabilidade política, mais do que as questões de produção, estão afetando o preço de mercado, disse o ministro do Petróleo iraquiano, Abdul Kareem Luaibi, nesta segunda-feira.

O petróleo tipo Brent recuou cerca de 1 dólar nesta segunda-feira após o Irã concordar em retomar negociações sobre seu programa nuclear, aliviando temores sobre uma interrupção da oferta.

“A Opep ainda está fazendo seu melhor para produzir petróleo suficiente para atender a demanda, mas as questões políticas estão afetando os preços. Os preços globais são afetados mais pela instabilidade política que pelas questões de produção”, disse Luaibi, atualmente presidente da Opep, a jornalistas.

Publicidade

Ele disse esperar que as exportações de petróleo do Iraque fiquem em 2,3 milhões de barris por dia, ou um pouco mais, em abril.

As exportações de petróleo do Iraque subiram ao seu maior nível desde 2003 em março, a 2,317 milhões de barris por dia (bpd) graças ao novo terminal offshore de exportação.

O Iraque vai completar o trabalho em seu segundo terminal de exportação offshore no Golfo dentro de 7 a 10 dias, disse Luaibi.

“Terminar os trabalhos no segundo terminal offshore vai fornecer maior capacidade de exportação, nos permitindo bombear mais petróleo”, disse Luaibi.

Publicidade

Um aumento das exportações iraquianas pode ajudar a aliviar os mercados internacionais, atentos a cortes nas exportações do vizinho Irã, devido às sanções norte-americanas e europeias sobre Teerã.

(Reportagem de Ahmed Rasheed)

Publicidade