Clique e assine a partir de 9,90/mês

IR 2019: Saiba como declarar dinheiro emprestado por parentes

Leitor recebeu dinheiro do pai e não sabe como informar; VEJA responde dúvidas sobre o preenchimento da declaração

Por Larissa Quintino - 17 mar 2019, 12h00

Para preencher a declaração de Imposto de Renda, é preciso que o contribuinte tenha em mãos informes, recibos e diversos documentos que comprovem seus rendimentos e despesas em 2018. No caso de quem pegou dinheiro empresado com parentes, no entanto, não há um documento específico e a prestação de contas deve ser feita no próprio programa do IR.

Como declarar dinheiro recebido de parentes é uma das dúvidas recebidas por VEJA. Durante a entrega da declaração, é possível enviar suas perguntas para o Instagram de VEJA. As respostas são feitas em parceria com a Sage Brasil.

Meu pai me emprestou dinheiro por consideração. Como informo no IR essa transferência de valores? @luisnapolitano

Na declaração do pai, informe os dados do empréstimo concedido no campo “Discriminação” da ficha “Bens e Direitos”, sob o código 51, indicando o nome e o número do CPF do filho, e o valor concedido na coluna “Situação em 31/12/2018”.

Na declaração do filho, informe o valor dos recursos recebidos a título de empréstimo na ficha “Dívida e Ônus Reais”, discriminando os dados do pai que lhe emprestou o dinheiro.

Continua após a publicidade
Publicidade