Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Estimativa para IPCA passa de 7% e mercado prevê Selic maior, em 7,50%

Boletim Focus prevê inflação mais alta pela 19ª vez consecutiva e pressiona juro básico, cuja projeção para fim do ano cresceu 0,75 ponto em um mês

Por Luisa Purchio Atualizado em 16 ago 2021, 12h47 - Publicado em 16 ago 2021, 10h23

O Boletim Focus divulgado na manhã desta segunda-feira, 16, trouxe um aumento da previsão da inflação pela 19ª vez consecutiva. De acordo com a última pesquisa realizada com mais de 100 instituições do mercado, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficará em 7,05% no final de 2021. Há uma semana, a previsão era de 6,88% e há um mês, de 6,31%.

Como não poderia deixar de ser nesse cenário, a Selic continuará pressionada pela inflação e, dessa forma, o mercado elevou a previsão mediana para o final de 2021 para 7,5% ao ano. Há uma semana, a estimativa era de de 7,25% anuais e há um mês, de 7,75%. O mesmo ocorreu com a previsão do juros para o final de 2022, que foi elevada de 7,25% ao ano há uma semana para 7,50%, na pesquisa mais recente. Há um mês, a estimativa era de 7%.

O crescimento econômico, por sua vez, foi revisado para baixo. O mercado espera que o crescimento do PIB no final do ano será de 5,28%, variação negativa em 0,02 ponto percentual em relação à semana passada. Frente a estimativa de um mês atrás, no entanto, o número fica 0,01% acima da previsão, de 5,27%. Para 2022, a previsão se manteve em 5,20%.

Como mostrou o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) em junho, considerado a prévia do PIB, o índice foi pressionado para baixo pelas vendas do varejo, mas neutralizado pelo crescimento da área de serviços. O número trouxe alta de 1,14% no mês. Portanto, a variação do índice foi de 0,12% no segundo trimestre de 2021 em relação ao anterior, indicando uma leve aceleração.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)