Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IPC-S desacelera para 0,43% na 1a quadrissemana de junho–FGV

Por Da Redação 11 jun 2012, 08h27

SÃO PAULO, 11 Jun (Reuters) – O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou para uma alta de 0,43 por cento na primeira quadrissemana de junho, depois de encerrar maio com elevação de 0,52 por cento, informou Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira.

Sete dos oito grupos que compõem o indicador desaceleraram a alta de preços, sendo que o destaque ficou com Transportes, que passou de -0,11 para -0,39 por cento. Nesta classe de despesa, destacou-se o comportamento do item automóvel novo, que passou de -0,90 para -2,08 por cento.

Também apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Habitação (0,55 para 0,44 por cento), Saúde e Cuidados Pessoais (0,70 para 0,54 por cento), Vestuário (0,93 para 0,65 por cento), Educação, Leitura e Recreação (0,23 para 0,14 por cento), Despesas Diversas (3,73 para 3,63 por cento) e Comunicação (-0,13 para -0,18 por cento).

Por sua vez, apenas o grupo Alimentação registrou acréscimo em sua taxa de variação, ao passar de 0,61 para 0,76 por cento. Nesta classe de despesa, o item hortaliças e legumes passou de 6,26 para 10,23 por cento.

Também nesta segunda-feira, a FGV divulgou o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), que subiu 0,68 por cento na primeira prévia de junho, ante elevação de 0,89 por cento no mesmo período de maio.

Na semana passada, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,36 por cento em maio, após alta de 0,64 por cento em abril. A meta oficial de inflação é de 4,5 por cento pelo IPCA, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

(Por Camila Moreira)

Continua após a publicidade
Publicidade