Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Investimento deve atingir 19,5% do PIB, prevê secretário

Por Ricardo Leopoldo

São Paulo – O Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Ministério do Planejamento, Maurício Muniz Barreto de Carvalho, afirmou que os investimentos do País devem atingir 19,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011. Ele destacou que o patamar é mais elevado que os 15,3% do PIB atingidos em 2003. “As obras do PAC serão importantes para que os investimentos continuem avançando nos próximos anos, a ponto de atingir algo em torno de 25% do PIB em 2014” , disse hoje, em apresentação do oitavo Forum de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

Segundo ele, o governo trabalha com a estimativa de que o País deve crescer 5,1% de 2011 a 2014. Ele ressaltou que o PAC desembolsou R$ 619 bilhões do total previsto de R$ 657 bilhões. Para o PAC 2, dos R$ 955 bilhões previstos que serão aplicados naquele quadriênio, as obras que serão concluídas no período devem representar R$ 708 bilhões, ou 74% do total. Dos outros 26% restantes, ou R$ 247 bilhões, os empreendimentos públicos devem ser concluídos depois do encerramento do mandato da presidente Dilma Rousseff, entre eles o complexo do Comperj e a Usina de Belo Monte.

Carvalho disse ainda que, em função da expansão econômica do Brasil nos últimos anos, a participação da mão de obra formal no total de ocupados deve subir em 51% em 2010 para 53% em 2011.