Clique e assine a partir de 9,90/mês

Intervenção cambial deve durar até fim do ano, diz Tombini

Presidente do BC falou em Portugal, em reunião com autoridades de bancos centrais de língua portuguesa, e voltou a defender a eficácia do programa

Por Da Redação - 4 out 2013, 10h08

O programa de intervenção no mercado de câmbio brasileiro deve durar pelo menos até o fim do ano e vem ajudando a reduzir a volatilidade, disse nesta sexta-feira o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

“O programa vem tendo sucesso em reduzir a volatilidade do real. O real vem sendo uma das principais moedas que avança frente ao dólar desde 22 de agosto”, disse em reunião com autoridades de bancos centrais de língua portuguesa em Lisboa. “(O programa) vai durar pelo menos até o fim deste ano”.

Leia também:

Dólar cai abaixo de R$ 2,20 – menor cotação em três meses

Continua após a publicidade

Tombini desmente Mantega sobre redução da intervenção cambial

Tombini minimiza Moody’s e diz que crescimento do Brasil vai superar expectativas

Depois de uma escalada do dólar ante o real desde maio, o BC brasileiro anunciou em 22 de agosto um programa regular de oferta de dólares até o fim do ano, num montante de 100 bilhões de dólares, para reduzir a volatilidade do câmbio e oferecer proteção a empresas.

(com agência Reuters)

Publicidade