Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inspirado em golpes de boxe, professor vende 40 mil cursos online

Mairo Vergara atribui seu sucesso à combinação de três fatores: foco no produto, domínio de uma estratégia de vendas e oferta de muito conteúdo grátis.

O professor Mairo Vergara, 34, desenvolveu um método de ensino de inglês, criou um curso online que leva seu nome e já atendeu cerca de 40 mil alunos desde que começou, em 2014. O número impressiona e é maior do que o de muita escola tradicional por aí. Para se ter uma ideia, a franquia United Idiomas tem a marca de 70 mil alunos em 10 anos de mercado e com 26 unidades pelo Brasil.
Vergara atribui seu sucesso à combinação de três fatores: foco no produto, domínio completo de uma única estratégia de vendas e oferta de muito conteúdo grátis.
Pela primeira vez, ele palestrou para um público de cerca de 2.500 pessoas no Fire Festival, evento realizado em Belo Horizonte de 27 a 29 de setembro para empreendedores e profissionais do mercado digital.
Vergara se inspira em golpes de boxe para atingir seus clientes, uma estratégia chamada “jab, jab, jab, right hook”, do especialista em marketing Gary Vaynerchuk, que tem um livro de mesmo nome (no Brasil, foi traduzido como “Nocaute” – HSM Editora).
Jabs são soquinhos leves que você dá no adversário até surpreendê-lo com o right hook, o golpe que leva ao nocaute. No marketing, o jab significa oferecer muito conteúdo grátis para gerar valor e reforçar sua marca, e o right hook é quando você, finalmente, realiza a venda”, explica Vergara.
Seguindo essa técnica, o professor diz que oferece conteúdo grátis o ano todo, como vídeos, podcasts e e-book, e reserva apenas quatro dias por ano (dois por semestre) para vender seu curso.
Com isso, ele acumula mais de 1,5 milhão de inscritos em seu canal do YouTube (o vídeo mais visto, sobre o verbo to be, tem 3,4 milhões de visualizações), mais de dois milhões de curtidas no Facebook e um milhão de seguidores no Instagram.
O curso tem duração de seis meses, é com turmas fechadas e custa cerca de 2.000 reais. “O produto é a base de todo o negócio. Você tem que ser o melhor no seu mercado, fazer melhorias constantes”, indica.
Vergara não divulga o faturamento, mas diz que o negócio vai bem e pensa em expansão. “Estamos planejando outros cursos de idioma, com outros professores, mas não penso em abrir escolas físicas”, afirma.
O professor Mairo Vergara, empreendedor digital

O professor Mairo Vergara, empreendedor digital (Inusitado Fotografia/Divulgação)