Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inflação perde força e BCE reduz juros para mínima recorde

Juros foram reduzidos para 0,25% depois de a inflação ter desacelerado pra 0,7% em outubro, abaixo da meta de 2% do BC europeu

Por Da Redação 7 nov 2013, 12h01

O Banco Central Europeu (BCE) reduziu sua taxa básica de juros nesta quinta-feira para nova mínima recorde de 0,25%, reagindo à desaceleração inesperada na inflação, que ficou bem abaixo da meta do banco.

A inflação da zona do euro desacelerou para 0,7% em outubro, ficando bem abaixo da meta do banco, de 2%. A diminuição no ritmo da alta dos preços gera temores de que a recuperação econômica da zona do euro pode ser sufocada.

Leia também:

Índice de confiança na zona do euro tem maior nível em 30 meses

Número de desempregados na Alemanha atinge maior nível desde 2011

Continua após a publicidade

Grécia projeta fim da longa recessão para 2014

O BCE ainda manteve a taxa de depósito em zero, mas reduziu a taxa de empréstimo para 0,75%, ante 1,0%. “Isso confirma o quanto o BCE mudou sob o comando de Draghi. Eles se tornaram bem proativos”, disse o economista Carsten Brzeski, do ING.

Apenas um entre os 23 operadores do mercado consultados pela Reuters nesta semana esperavam que o BCE mantivesse a política na reunião desta quinta-feira, à espera de uma visão mais clara da direção que a inflação da zona do euro está tomando. Desde julho, o BCE tem dito que espera manter suas taxas “nos atuais níveis ou mais baixos” por um período prolongado.

FMI – O Fundo Monetário Internacional recebeu bem a redução das taxas de juros nesta quinta-feira pelo Banco Central Europeu, dizendo que ela se justfica para apoiar o crescimento na frágil zona de euro. “A decisão é totalmente justificada pela dinâmica da inflação fraca e a debilidade na economia”, disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice.

(com Agência France-Presse e Reuters)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês