Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inflação do aluguel registra queda de 0,74% em junho

Em maio, IGP-M já estava no campo negativo, em 0,13%. Esta é a maior queda do índice desde março de 2009

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajuste de contratos de aluguel, aprofundou a deflação de 0,13% em maio e fechou junho com declínio de 0,74%, conforme divulgou nesta sexta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O IGP-M deste mês caiu mais do que esperavam economistas, cujas previsões variavam de declínio de 0,5% a 0,67%. A queda também é a mais forte desde março de 2009, quando o indicador apresentou a mesma variação. A variação acumulada do IGP-M no ano é de 2,45% e, em doze meses até junho, de 6,24%.

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, saiu de retração de 0,65% (maio) para declínio de 1,44% (junho). Na mesma base de comparação, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M), com peso de 30% no IGP-M, saiu de alta de 0,68% para variação positiva de 0,34%. Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) desacelerou de 1,37% para 1,25%.

​Leia mais: Banco Central eleva previsão de inflação e reduz a do PIB para 2014​

Inflação desacelera em maio para 0,46%

BC encerra ciclo de alta dos juros e mantém taxa Selic em 11% ao ano

(com Estadão Conteúdo)