Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Inflação do aluguel’ acelera em junho e chega a 0,67%

Indicador medido pela Fundação Getúlio Vargas é usado para corrigir os contratos de aluguel; no acumulado do ano, ele já subiu 4,33%

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), indicador usado para reajustar os contratos de aluguel, acelerou em junho, subindo de 0,41% em maio para 0,67%. O resultado ficou dentro do esperado pelos analistas de mercado consultados pela Agência Estado, que previam uma aceleração de 0,65%. Para efeitos de comparação, em junho de 2014 o IGP-M caiu 0,74%. No acumulado de 2015 até junho, o indicador subiu 4,33%.

As informações foram divulgadas nesta segunda-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Entre os três indicadores que formam o IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção foi o que registrou a maior alta, passando de 0,45% em maio para 1,87% em junho. O indicador é responsável por medir os preços de materiais e mão de obra da construção civil.

Já o Índice Precos ao Produtor Amplo (IPA) – também conhecido como inflação do atacado – acelerou 0,41% em junho ante 0,3% em maio. O indicador foi influenciado, sobretudo, pela variação dos grupos de alimentos in natura, que subiu de – 2,62% para 1,80%. Carne bovina e batata inglesa puxaram essa alta.

No caso do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), também chamado de inflação do varejo, o avanço foi de 0,63% em maio para 0,83% em junho.

Leia mais:

‘Inflação do aluguel’ desacelera em maio e fica em 0,41%

A crise chegou para o mercado imobiliário. É a hora de comprar?

Inflação do aluguel fecha 2014 em 3,69% – menor taxa em 5 anos

(Da redação)