Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inflação do aluguel acelera e marca 0,2% em setembro

O IGP-M, medido pelo FGV, mostrou aceleração em dois de seus componentes - preços ao produtor e ao consumidor

Por Da Redação 29 set 2014, 09h03

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajuste de contratos de aluguel, registrou alta de 0,2% em setembro, após ter cair 0,27% em agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira. O resultado ficou abaixo da estimativa de analistas, cuja mediana apontava para alta de 0,34%.

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, saiu de retração de 0,45% (agosto) para alta de 0,13% (setembro). Na mesma base de comparação, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M), com peso de 30% no IGP-M, saiu de alta de 0,02% para variação positiva de 0,42%. Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) desacelerou de 0,19% para 0,16%.

Leia mais:

Prévia da inflação acelera para 0,39% em setembro

Inflação deve convergir para a meta em 2016, diz BC

A variação acumulada do IGP-M no ano até setembro é de 1,76% e, em 12 meses, de 3,54%. Os preços dos produtos agropecuários no atacado subiram 0,10% em setembro, após registrarem queda de 0,93% em agosto. Os preços de produtos industriais avançaram 0,14%, ante declínio de 0,27% em no mês anterior.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade