Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inflação desacelera a 0,54% em novembro

IPCA havia registrado alta de 0,57% em outubro e 0,60% em novembro de 2012. No ano, o indicador acumula alta de 4,95% e, em 12 meses, de 5,77%

Por Da Redação 6 dez 2013, 08h25

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve leve desaceleração em novembro. O índice passou de 0,57% em outubro para 0,54% no mês seguinte. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA acumula alta de 4,95% no ano e, em 12 meses, de 5,77%, bem distante do centro da meta de inflação, de 4,5%. Em novembro de 2012, o índice havia subido 0,60% e em 12 meses até outubro, cresceu 5,84%.

Leia também:

Inflação do aluguel perde força e desacelera para 0,29% em novembro

Em última reunião do ano, Copom eleva Selic aos dois dígitos

Entre os itens que mais pesaram para a alta dos preços ao consumidor está Alimentação e Bebidas, com alta de 0,56% e peso de 0,14 ponto porcentual entre os 0,54% do indicador cheio. Habitação também impactou com 0,10 ponto porcentual, ao subir para 0,69% em novembro. Despesas Pessoais e Transporte também influenciaram a inflação com altas de 0,87% e 0,36%, respectivamente.

Na quinta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) ainda mostrou preocupação com a “persistente” inflação e indicou que seria “apropriado” manter o ritmo de elevação dos juros básicos (Selic). Na última reunião do ano, o Copom elevou em 0,5 ponto porcentual a Selic, para 10%.

Continua após a publicidade

Publicidade