Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Inflação anual no Reino Unido chega a 4,5% em agosto

Por Da Redação
13 set 2011, 09h08

Por Álvaro Campos

Londres – A taxa anual de inflação no Reino Unido subiu em agosto devido a aumentos nos preços da energia elétrica para residências e também nos setores de vestuário, móveis e hotelaria. Assim, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) acumulou alta de 4,5% no período de 12 meses encerrado em agosto, ante elevação de 4,4% em 12 meses até julho.

A inflação continua bem acima da meta de 2% do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês). E o banco central acredita que a taxa deve se aproximar de 5% no fim do ano. Mesmo assim, poucos economistas esperam que o BoE adote alguma medida de aperto monetário no futuro próximo.

Os sinais indicando uma desaceleração na economia alimentam especulações de que o banco central pode afrouxar sua política ainda mais, ao reiniciar um programa de compra de bônus, conhecido como afrouxamento quantitativo.

Continua após a publicidade

Balança comercial

O déficit comercial do Reino Unido permaneceu estável em julho ante junho, mas em um nível elevado, de 8,9 bilhões de libras esterlinas. Tanto as exportações como as importações atingiram níveis recordes. As exportações subiram 5,6% em julho ante junho, para 25,4 bilhões de libras, enquanto as importações avançaram 4,3%, para 34,3 bilhões de libras. As exportações para países que não fazem parte da União Europeia cresceram 6,1%, para 11,4 bilhões de libras.

O governo britânico planeja fazer do comércio externo, especialmente com países emergentes como China, Brasil e Índia, um ponto central do seu plano para recuperar a economia. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.