Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Indústria puxa resultado ruim de emprego

Comércio foi setor que mais criou vagas em novembro. No ano, o setor de serviços é o destaque positivo

Por Da Redação 20 dez 2013, 17h51

Entre os setores analisados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, a indústria foi o que mais pesou para a queda da criação de empregos em novembro. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira, a indústria de transformação demitiu 34.266 mais pessoas do que contratou. Em igual mês do ano passado, o saldo foi negativo em 22.690. No acumulado de janeiro a novembro, o saldo líquido de contratações da indústria foi de 289.937 trabalhadores com carteira assinada, perdendo para serviços (652.522) e comércio (296.376). A soma de todos os setores de janeiro a novembro resultou no pior período de contratações em 10 anos, segundo o Ministério, com 1,547 milhão de empregos formais criados.

Leia também:

Taxa de desemprego cai para 4,6% em novembro

Emprego na indústria tem leve alta mensal, mas cai 1,7% em 1 ano

Criação de postos de trabalho permanece concentrada, diz IBGE

Outros setores também registraram resultados negativos, como a agricultura – seu saldo líquido de novembro ficou negativo em 33.183 vagas, mais que o verificado em novembro de 2012, de menos 32.599. Já a construção civil registrou 31.770 mais demissões do que contratações em novembro, mas um número inferior ao visto no ano passado, de menos 36.628. Por sua vez, a administração pública teve saldo líquido negativo de 656 vagas, menos que em novembro de 2012 (-2.763). A indústria mineral registrou saldo líquido negativo de 880 vagas, mais que novembro de 2012 (-201).

Por outro lado, o comércio foi o destaque positivo do mês. O setor empregou 103.258 pessoas a mais com carteira assinada do que demitiu no período. O saldo foi inferior ao registrado em novembro de 2012, de 121.954 postos. O setor de serviços, por sua vez, teve um saldo líquido de 44.825 vagas, inferior também à geração de 50.727 vagas vista em igual mês de 2012.

Por fim, o setor Serviços Industriais de Utilidade Pública teve um saldo líquido positivo de 158 empregos, ante um resultado negativo de 1.643 em novembro do ano passado.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade