Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Indústria da zona do euro tem 1ª expansão em dois anos

Produção industrial da região subiu para 50,3 em julho

A atividade industrial da zona do euro cresceu pela primeira vez em dois anos em julho, de acordo com dado divulgado nesta quinta-feira pela pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês). O dado indica que a região pode sair da recessão neste trimestre.

O PMI do Markit (empresa de dados econômicos e financeiros que calcula o índice) para a indústria da zona do euro subiu para 50,3 em julho ante 48,8 em junho, ligeiramente revisado para cima ante leitura preliminar de 50,1. Dados acima de 50 indicam crescimento e abaixo, retração. Essa é a primeira vez que o patamar fica acima de 50 desde julho de 2011.

Leia também:

PMI industrial preliminar chinês tem menor nível em 11 meses

Produção industrial se recupera e avança 1,9% em junho

Latino-americanos não apoiam nova ajuda do FMI à Grécia

O indicador é divulgado depois de uma série de dados econômicos promissores da zona do euro, que enfrenta recessão desde o final de 2011. “Isso abre a possibilidade de colocar o setor em uma boa posição para fornecer um bom impulso aos números do PIB do terceiro trimestre, e para ajudar a zona do euro a sair da recessão”, disse o economista sênior do Markit Rob Dobson.

Economistas consultados pela Reuters esperam que a economia cresça 0,1% entre julho e setembro, comparado com a estagnação que eles preveem para o trimestre imediatamente anterior.

Leia ainda: Desemprego na eurozona cai pela 1ª vez desde abril de 2011

(com agência Reuters)