Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inditex, dona da Zara, tem lucro 30% maior apesar da crise

MADRI, 13 Jun (Reuters) – A espanhola Inditex, maior varejista têxtil do mundo, detentora da Zara e outras marcas de vestuário, comprovou nesta quarta-feira ser capaz de vender tanto para consumidores ávidos por moda na Ásia quanto para aqueles afetados pela crise na Europa, com um aumento de 30 por cento no lucro trimestral.

O lucro da companhia atingiu 432 milhões de euros (538,1 milhões de dólares) no primeiro trimestre, superando as estimativas do mercado, enquanto as vendas somaram 3,4 bilhões de euros. Uma pesquisa da Reuters apontava lucro de 383,4 milhões de euros e vendas de 3,3 bilhões de euros.

A expansão para novos mercados como Geórgia, Bósnia e Equador ajudou a impulsionar os resultados.

Segundo a empresa, as vendas em moeda constante subiram 14 por cento entre 1o de fevereiro e 10 de junho, quando teve início o segundo trimestre fiscal.

A Inditex anunciou também que irá iniciar a venda de produtos da Zara na China via Internet a partir de setembro.

(Por Sarah Morris)