Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Índices asiáticos têm desempenho misto

Maioria das bolsas fechou em alta, mas preocupação com Grécia limita ganhos

A maioria das bolsas de valores asiáticas fechou em alta nesta segunda-feira, com dados econômicos robustos dos Estados Unidos incentivando o apetite por risco. Porém, a falta de progresso nas negociações para reestruturar a dívida da Grécia foi motivo de preocupação, limitando os avanços.

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão tinha ligeira queda de 0,11%, após alta de até 0,7% mais cedo, quando atingiu o maior nível em mais de cinco meses. O índice registrou a quinta semana seguida de ganhos no fechamento de sexta-feira. Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 1,1%, para a máxima em três meses.

Algumas economias do mundo deram mais evidência de força no mês passado. Os EUA geraram muito mais empregos que o previsto e o setor de serviços do país teve a maior expansão em quase um ano, enquanto o setor privado da zona do euro cresceu pela primeira vez desde agosto.

Mas a Grécia continuou sendo um peso para os mercados, com uma série de condições exigidas pelos credores internacionais do país -União Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI)- ainda pendentes para negociação. Atenas precisa dizer à UE até esta segunda-feira se aceita os duros termos de um novo acordo de ajuda externa. Sem o acordo, Atenas rumaria para um calote desastroso.

“É uma mistura, na verdade. Até que a questão da Grécia seja resolvida, é difícil ficar muito otimista por causa das notícias dos EUA e da liquidez na Europa”, disse Andrew Pease, estrategista-chefe de investimentos da Russell Investments Asia Pacific, em Sydney.

O índice de Seul encerrou em leve alta de 0,04%. O mercado recuou 0,26% em Hong Kong e a bolsa de Taiwan perdeu 0,69%, enquanto o índice referencial de Xangai subiu apenas 0,03%. Cingapura avançou 0,76% e Sydney fechou com valorização de 1,05%.

(Com agência Reuters)