Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Índice sobe e fecha acima dos 60 mil pontos

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 17 Jan (Reuters) – Após rondar a casa dos 60 mil pontos por diversos pregões seguidos, a Bovespa finalmente conseguiu encerrar acima dessa marca pela primeira vez desde 22 de julho de 2011, registrando ganhos de mais de 1 por cento nesta terça-feira, com investidores animados pelo crescimento da economia chinesa.

O Ibovespa subiu 1,15 por cento, a 60.645 pontos. O giro financeiro foi de 6,45 bilhões de reais.

Em Nova York, o comportamento também era de alta, com o índice Dow Jones com ganhos de 0,51 por cento às 18h42, e o S&P 500 com aumento de 0,32 por cento.

“O Ibovespa subiu mais pelos dados do PIB chinês, que teve um crescimento maior que o esperado”, afirmou o estrategista-chefe do Banco WestLB, Luciano Rostagno.

O crescimento da economia chinesa no quarto trimestre ante um ano antes ficou em 8,9 por cento, taxa ligeiramente mais forte que os 8,7 por cento previstos por economistas consultados pela Reuters.

“Também na Europa, os dados de confiança do investidor alemão, que subiu bem mais que o esperado, ajudando a trazer otimismo para os mercados”, acrescentou Rostagno.

O índice de confiança econômica subiu para menos 21,6 neste mês, contra menos 53,8 em dezembro. Foi a maior alta mensal desde que a pesquisa começou, em 1991.

No Ibovespa, as ações da Vale, que tem na China um de seus principais mercados, foram destaque de alta. A preferencial subiu 4,1 por cento, a 40,91 reais, enquanto a ordinária teve ganhos de 5,11 por cento, a 42,79 reais.

Também em destaque ficou a JBS, com ganhos de 5,7 por cento, a 5,75 reais.

A preferencial da Petrobras encerrou em alta menos intensa, de 0,63 por cento, a 23,80 reais.

Na outra ponta, a ação da Vanguarda registrou a maior queda do índice, de 2,7 por cento, seguida pela Klabin, com perdas de 2,67 por cento.