Clique e assine a partir de 9,90/mês

Índice Dow Jones bate recorde histórico e deixa crise para trás

Índice da bolsa de Nova York ultrapassou nesta terça-feira o recorde anterior, de 14.198 pontos, registrado em 2007

Por Da Redação - 5 mar 2013, 14h45

O índice Dow Jones atingiu, nesta terça-feira pela manhã, um recorde histórico de pontuação na bolsa de Nova York, Estados Unidos. Por volta das 15h (horário de Brasília), o índice subia 1%, atingindo 14.267 pontos, superior ao nível pré-crise. O recorde anterior havia sido em 2007, quando o Dow Jones atingiu 14.198 pontos.

A aposta dos investidores é a de que os bancos centrais das principais economias do mundo adotarão medidas para estimular ainda mais suas economias e, isso repercutirá positivamente também nos Estados Unidos. Na segunda-feira, o Dow Jones já havia fechado com o segundo maior nível histórico, indicando que as bolsas caminhariam nesta terça-feira para um novo dia de ganhos, amparadas por notícias positivas da Europa e China e na expectativa de dados positivos do setor de serviços dos Estados Unidos.

No mesmo horário, os outros índices americanos – S&P 500 e Nasdaq – subiam 1,03% e 1,25%, respectivamente, para 1.540 e 3.221 pontos. Enquanto isso, o índice Ibovespa, o principal da bolsa de valores brasileira, subia 0,10% para 56.556 pontos.

O único indicador a ser divulgado nesta terça-feira, o índice de atividade do setor de serviços dos EUA, medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês), subiu a 56 pontos em fevereiro, ante 55,2 pontos em janeiro. O avanço contrariou a estimativa dos analistas ouvidos pela agência Dow Jones, que previam recuo para 55 pontos . O índice de negócios subiu de 56,4 pontos em janeiro para 56,9 pontos em fevereiro, mas o índice de emprego caiu de 57,5 pontos em janeiro para 57,2 pontos no segundo mês do ano. O índice de preços avançou de 58,0 para 61,7 e o índice de novas encomendas avançou de 54,4 para 58,2.

Leia mais:

Bovespa tem 51º melhor desempenho entre bolsas em 2012

Continua após a publicidade
Publicidade