Clique e assine com até 92% de desconto

Índice de preços ao produtor sobe em setembro nos EUA

Por Da Redação 18 out 2011, 10h22

Por Danielle Chaves

Washington – O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos subiu 0,8% em setembro, na comparação com agosto, puxado pelos custos da energia, informou hoje o Departamento do Trabalho do país. O núcleo do PPI – que exclui itens voláteis como alimentos e energia – aumentou 0,2%.

Os números mostraram que a inflação no atacado está mais forte do que os analistas calculavam. Os economistas ouvidos pela reportagem previam alta de 0,3% no índice geral e de 0,1% no núcleo do índice. Os indicadores apontam para uma pressão inflacionária que poderá limitar os movimentos do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) fornecer mais estímulo à economia dos EUA.

Na comparação entre setembro e o mesmo mês do ano passado, o PPI subiu 6,9% e o núcleo do PPI avançou 2,5% – a maior alta desde junho de 2009.

De acordo com os dados, houve forte aumento nos preços da energia, de 2,3% em setembro ante agosto, em seguida a três meses de queda. Os preços da gasolina cresceram 4,2%. Os alimentos tiveram alta de 0,6%, no quarto avanço mensal seguido.

Os preços dos materiais, suprimentos e componentes intermediários aumentaram 0,6% em setembro, depois de cair 0,5% em agosto. Os preços do petróleo subiram 2,8%, o segundo mês consecutivo de ganho e a maior alta desde abril. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade